Cicloturismo já!

 

Um caminho onde é possível ver e ouvir corredeiras e cachoeiras, ideal para a prática do Cicloturismo. Assim é o trecho da antiga estrada de ferro de Lontras.

Mais uma opção de rota no Vale do Itajaí. Mas, calma aí, porque o trajeto ainda precisa de alguns “retoques finais”, como por exemplo, pisos nas pontes. Agora, só falta alguma empresa ou instituição governamental que queira investir no potencial que possui o caminho que margeia o rio Itajaí-Açú.

E enquanto não há investimentos no Cicloturismo de Lontras, o Circuito Vale Europeu continua “a todo vapor”. Passando pelos municípios de Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Indaial e Pomerode, o roteiro possui um trajeto rico em natureza e cultura, com pontos de apoio, estrutura e sinalização para iniciantes ou experientes pedalarem com tranquilidade.

É recomendado pelo menos sete dias para quem quer conhecer todo o roteiro, até mais, se o aventureiro resolver conhecer melhor as atrações locais com calma e visitar as cachoeiras mais longes da estrada. Afinal, são 300 km de estradas. A primeira parte da pedalada se dá na parte baixa do trajeto, entre as cidades de Timbó e Rodeio. Mas, o clicloturista precisa se preparar: há trechos em que a ascensão chega a 1.100 metros.

O viajante recebe um guia no início do trajeto, onde encontra as orientações básicas: o que verá pelo caminho, níveis de dificuldade física e técnica e ascensão. Os mapas trazem as informações sobre atrativos, hospedagem e serviços de alimentação.

E o melhor, o circuito pode ser realizado em qualquer época do ano. Curtiu? Saiba mais em: www.circuitovaleeuropeu.com.br

 

COMMENTS (1)

Sildenafil says:

Hello! Cool post, amazing!!!

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *